USOS DO SOLO E OCORRÊNCIAS DE CÂNCER: uma abordagem geográfica a partir de São Gotardo (MG)

Autores

  • Lidiane Aparecida Alves Secretaria de Educação (PMU)
  • Vítor Ribeiro Filho Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (IG/UFU)

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v22i2.63687

Resumo

O objetivo desse artigo é abordar o processo saúde-doença a partir de uma perspectiva geográfica. Logo discorre sobre a relação entre usos do solo e os casos de câncer no município de São Gotardo (MG). Para o alcance do objetivo proposto realizou-se uma revisão bibliográfica combinada com análise de dados secundários. Considerando a existência de associações entre condições ambientais decorrentes da forma de como o território é usado e a vulnerabilidade a determinados tipos de doenças, aponta-se que casos de câncer podem apresentar relação com os usos do solo, especialmente considerando a sub-bacia do alto Córrego Confusão.

Palavras-chave: Ambiente. Saúde-doença. Agrotóxicos. Câncer.

Downloads

Publicado

06-03-2021

Como Citar

ALVES, L. A.; RIBEIRO FILHO, V. USOS DO SOLO E OCORRÊNCIAS DE CÂNCER: uma abordagem geográfica a partir de São Gotardo (MG). Espaço em Revista, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 56–78, 2021. DOI: 10.5216/er.v22i2.63687. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/63687. Acesso em: 16 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES