ANÁLISE DO EFEITO DA IMPERMEABILIZAÇÃO DOS SOLOS URBANOS NA DRENAGEM DE ÁGUA PLUVIAL DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA-MG

Autores

  • Eliane Aparecida Justino Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão
  • Heber Martins Paula UFG/CAC
  • Ed Carlo Rosa Paiva UFG/CAC

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v13i2.16884

Resumo

O aumento de ocorrência de enchentes nas cidades brasileiras nos últimos anos motivou o desenvolvimento deste trabalho, no qual é analisado o efeito do aumento da impermeabilização dos solos urbanos no crescimento do escoamento superficial. Para simular os avanços da urbanização foi escolhida uma bacia hidrográfica na cidade de Uberlândia, pertencente ao Estado de Minas Gerais, sobre a qual foram construídos e analisados quatro cenários de ocupação distintos: pré- urbanização, atual, futuro I e futuro II, sendo o cenário de pré-urbanização considerado como o de referência. As simulações mostraram que para um aumento de 54% de área impermeável, a vazão de pico pode sofrer um aumento de 59,40% sobre a vazão de pico do cenário de pré-urbanização, tornando necessário o uso de medidas alternativas para o controle das cheias, já que, os sistemas de drenagem existentes na bacia não comportam tal acréscimo.

Palavras-chave: Controle de escoamento superficial. Drenagem urbana. Atenuação de vazão de pico.

Downloads

Publicado

07.02.2012

Como Citar

JUSTINO, E. A.; PAULA, H. M.; PAIVA, E. C. R. ANÁLISE DO EFEITO DA IMPERMEABILIZAÇÃO DOS SOLOS URBANOS NA DRENAGEM DE ÁGUA PLUVIAL DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA-MG. Espaço em Revista, Goiânia, v. 13, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/er.v13i2.16884. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/16884. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES