ENTRE MORTES, PERSEGUIÇÕES E EMERGÊNCIAS: A CRIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO EM DEFESA DOS DIREITOS HOMOSSEXUAIS DA GRANDE FLORIANÓPOLIS ATRAVÉS DAS PÁGINAS JORNALÍSTICAS

Autores

  • Igor Henrique Lopes de Queiroz Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Por meio de notícias e reportagens sobre travestis e homossexuais veiculadas durante a década de 1990, perpassadas pelos mais variados tipos de violência e divulgadas pelo principal meio de comunicação impresso do Estado de Santa Catarina, o jornal Diário Catarinense, o presente artigo busca demonstrar a emergência de um discurso de mobilização e resistência que culminaria na criação da Associação em Defesa dos Direitos Homossexuais/Região da Grande Florianópolis, que propunha atuar em áreas de saúde, jurídica, social, e lutar legalmente contra comportamentos lesivos que cerceavam inclusive os direitos de ir e vir, em nome da moral e dos bons costumes.

Biografia do Autor

Igor Henrique Lopes de Queiroz, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História UFSC. Bolsista Capes

Downloads

Publicado

30-03-2014