Vestidos e descalços: uma arqueologia da visualidade na fotografia de escravos do Brasil do século XIX

Autores

  • Thiago Fernando Sant'Anna Universidade Federal de Goiás
  • Ana Carolina Santana Custódio Universidade Federal de Goiás/ Faculdade de Artes Visuais

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v15i1.40812

Palavras-chave:

História, Poder, Visualidade

Resumo

O presente artigo objetiva pensar a imagem a partir de uma experiência de análise com fotografia, na busca por construir uma história visual sobre uma possível experiência escrava no Brasil do século XIX. Trata-se de uma história visual do social que se atenta para dimensões “menores” da imagem fotográfica e expressa tramas, relações de poder, processos de constituição de sujeitos e a invenção do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Fernando Sant'Anna, Universidade Federal de Goiás

Doutor em História pela Universidade de Brasília, com Pós-Doutorado em Arte e Cultura Visual, pela Faculdade de Artes Visuais/Universidade Federal de Goiás onde atua como professor do quadro permanente, atualmente é também professor adjunto do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Goiás/ Regional Cidade de Goiás, com experiências de ensino, pesquisa e extensão nas áreas de História, Sociologia, Gênero, Educação, Fotografia, circunscritas às experiências do Brasil no século XIX ao dias contemporâneos. Atualmente é membro do Comitê de Ética da UFG.

Ana Carolina Santana Custódio, Universidade Federal de Goiás/ Faculdade de Artes Visuais

Ana Carolina de S. Custódio é mestre em Arte e Cultura Visual da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás e Bacharel em Design de Moda, também pela Faculdade de Artes Visuais – UFG. Realizou docência no curso de Design de Moda FAV/UFG nas disciplinas de Desenho de Moda.Atua como professora substituta no curso de Design de Moda da Faculdade de Artes Visuais/ Universidade Federal de Goiás.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é um dispositivo? In: AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Chapecó, SC: Argos, 2009.

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. Vida Privada e Ordem Privada no Império. In: ALENCASTRO, Luiz Felipe de. História da Vida Privada no Brasil. Império: a corte e a modernidade nacional. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

BARTHES, Roland. A Câmara Clara: notas sobre fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

CUSTÓDIO, Ana Carolina de Santana. Vestir e marcar: a construção visual da vestimenta das mulheres escravizadas no Brasil Imperial – Século XIX. Dissertação (Mestrado em Arte e Cultura Visual). UFG – FAV, Goiânia. 2015.

DELAPORTE, François. Anatomía de las pasiones. Barranquilla; Colômbia: Ediciones Uninorte, 2007.

DELEUZE, Gilles & GUATARRI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 01. 2ed. São Paulo: 34, 2011.

DELEUZE, Gilles & GUATARRI, Félix. O que é filosofia? 3 ed. Rio de Janeiro: 34, 2010.

DELEUZE, G. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 2006.

DELEUZE, Gilles. Diferença e Repetição. Lisboa: Relógio d’Água, 2000.

DELEUZE, Gilles. Kafka: por uma literatura menor. Rio de Janeiro, Imago, 1977.

DIKOVITSKAYA, Margaret. Visual Culture: the study of the visual after the cultural turn.Cambridge: MIT Press, 2006.

FERRARI, Anderson; ALMEIDA, Marcos Adriano de; DINALI, Wescley. Teoria e Subjetividades queer: poder, resistência e corpo. In: CLARETO, Sônia Maria; FERRARI, Anderson (orgs.). Foucault, Deleuze & Educação. Juiz de Fora: UFJF, 2010.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Um pensador na linha feiticeira. In: FISCHER, Rosa Maria Bueno. Trabalhar com Foucault: arqueologia de uma paixão. Belo Horizonte, Autêntica, 2012. (Coleção Estudos Foucaultianos).

FLUSSER, Vilém. Filosofia da Caixa Preta: Ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002, (Coleção Conexões).

FOUCAULT, Michel. O Sujeito e o Poder. In: DREYFUS, H; RABINOW, Paul. Michel Foucault: uma trajetória filosófica. Para além do estruturalismo e da hermenêutica. 2 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade. O cuidado de si. (trad. Maria Theresa da C. Albuquerque). Rio de Janeiro: Graal, 2005a.

FOUCAULT, Michel. Aula de 18 de Fevereiro de 1976. In: FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. São Paulo: Martins Fontes 2005b.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. (Organização, introdução e revisão técnica de Roberto Machado. 16 ed. Rio de Janeiro: Graal, 2001.

FOUCAULT, Michel. As Palavras e as Coisas: uma arqueologia das Ciências Humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2000a.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Tradução Luiz Felipe Baeta Neves. 6. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000b.

HUTCHEON, Linda. Poética do Pós-Modernismo – história, ficção, teoria. (trad. Ricardo Cruz). Rio de Janeiro: Imago, 1991.

KNAUSS, Paulo. O desafio de fazer história com imagens. ArtCultura, Uberlândia, v. 8, n. 12, p. 97-115, jan-jun, 2006.

MACHADO, Roberto. Deleuze: a arte e a filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

MENESES, Ulpiano. Rumo a uma “História Visual”. In: MARTINS, J. S.; ECKERT, C.; NOVAES, S. C. (orgs.). O imaginário e o poético nas ciências sociais. São Paulo: Edusc, 2005.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra. Fontes Visuais, cultura visual, história visual. Balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 23, n. 45, p. 11-36, 2003.

MITCHELL, W. J. T. Showing seeing: a critique of visual culture. Journal of Visual Culture. Vol. I (2), p. 165-181, 2002.

NAVARRO- SWAIN, Tânia. Os limites discursivos da história: imposição de sentidos. In: Labrys. Estudos Feministas. Jan./Jun. 2006. Disponível em: http://www.tanianavarroswain.com.br/labrys/labrys9/libre/anahita.htm. Acesso em: 28 ago. 2013.

NAVARRO- SWAIN, Tânia. O que é lesbianismo? São Paulo, ed. Brasiliense, 2000.

RANCIÈRE, Jacques. A Partilha do Sensível: estética e política. 2 ed. São Paulo: EXO experimental; Editora 34, 2009.

ROUILLÉ, André. A fotografia entre documento e arte contemporânea. São Paulo: Senac, 2009.

SANT’ANNA, Thiago F. A Fotografia como Expressão de si: uma história visual do possível. In: MONTEIRO, R. H.; ROCHA, C. (orgs.). Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisa em Arte e Cultura Visual. Goiânia: UFG, FAV, 2013.

SALOMON, Marlon. Saber dos Arquivos. In: SALOMON, Marlon. Saber dos arquivos. Goiânia: Ricochete, 2011a.

SALOMON, Marlon. A Danação do Arquivo: ensaio sobre a história e a arte das políticas culturais. In: SALOMON, Marlon. Saber dos arquivos. Goiânia: Ricochete, 2011b.

VEIGA-NETO, Alfredo. Foucault & Educação. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. (Coleção Pensadores & Educação).

Downloads

Publicado

2017-11-21

Como Citar

SANT’ANNA, T. F.; CUSTÓDIO, A. C. S. Vestidos e descalços: uma arqueologia da visualidade na fotografia de escravos do Brasil do século XIX. Visualidades, Goiânia, v. 15, n. 1, p. 81–104, 2017. DOI: 10.5216/vis.v15i1.40812. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/40812. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos