A vingança de Polifemo: o sujeito como artifício, monstro como estado artístico e a pragmática da subjetividade. A arte e a “polifemia” - DOI 10.5216/vis.v2i1.17879

Autores

  • Márcio Pizarro Noronha UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v2i1.17879

Resumo

 O artigo é uma reflexão a partir do canto IX da “Odisséia” (Homero) e sua relações interpretivas com as teorias contemporâneas da subjetividade, da monstruosidade e a arte contemporânea.

Palavras-chave:  Odisséia (Homero), subjetividade, monstro, arte contemporânea

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-01

Como Citar

NORONHA, M. P. A vingança de Polifemo: o sujeito como artifício, monstro como estado artístico e a pragmática da subjetividade. A arte e a “polifemia” - DOI 10.5216/vis.v2i1.17879. Visualidades, Goiânia, v. 2, n. 1, 2016. DOI: 10.5216/vis.v2i1.17879. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/40027. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos