Anjos e pernas: a “moça de circo” no imaginário artístico brasileiro

Autores

  • Gilmar Rocha (UFF, Brasil) Universidade Federal Fluminense (UFF)

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v14i1.35555

Resumo

O circo e as artes circenses sempre despertaram a atenção dos habitantes das pequenas e das grandes cidades por onde passam. Os artistas não ficaram imunes a esse efeito persuasivo, ao menos é o que nos revela a heteróclita produção de representações no campo das letras, das artes visuais, da música etc. Esse pequeno ensaio - assim deve ser visto, pois constitui uma breve incursão ao imaginário artístico brasileiro -, apresenta as primeiras reflexões em torno da artista de circo, poeticamente batizada de “moça de circo”. Trata-se de uma análise simbólica inspirada na filosofia da tragédia, de Nietzsche.

Palavras-chave: Circo, imaginário, “moça de circo”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilmar Rocha (UFF, Brasil), Universidade Federal Fluminense (UFF)

Doutor Antropologia Cultural (IFCS-UFRJ)

Prof. Departamento de Artes e Estudos Culturais (RAE) e Programa de Pos Graduação Cultura e Territorialidades (PPCULT) da Universidade Federal Fluminense (UFF)

Downloads

Publicado

2016-08-30

Como Citar

ROCHA (UFF, BRASIL), G. Anjos e pernas: a “moça de circo” no imaginário artístico brasileiro. Visualidades, Goiânia, v. 14, n. 1, 2016. DOI: 10.5216/vis.v14i1.35555. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/35555. Acesso em: 20 maio. 2024.