Comunicação, dessubjetivação e arte - DOI 10.5216/vis.v9i2.19854

Autores

  • Nizia Maria Villaça

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v9i2.19854

Resumo

Neste texto buscamos refletir sobre os processos de
subjetivação/dessubjetivação na arte a partir da noção de
dispositivo em Foucault como relação que se estabelece
entre os indivíduos e o elemento histórico (Instituições,
processos de subjetivação e regras em que se concretizam
as relações de poder). Referimos a um conjunto de praxis,
saberes, medidas, instituições, cujo objetivo é gerir, governar,
controlar e orientar num sentido que se supõe útil, gestos e
pensamentos dos homens. A luz deste conceito examinamos
a produção e recepção da arte contemporânea.

Palavras-chave: Comunicação, arte, pós-produção

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-08-29

Como Citar

VILLAÇA, N. M. Comunicação, dessubjetivação e arte - DOI 10.5216/vis.v9i2.19854. Visualidades, Goiânia, v. 9, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v9i2.19854. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/19854. Acesso em: 29 fev. 2024.