Experienciar, suturar e sobrejustapor sentidos na teoria e na crítica da imagem: dois possíveis desvios estratégicos - DOI 10.5216/vis.v9i1.18375

Autores

  • Cristian Poletti Mossi
  • Marilda Oliveira de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v9i1.18375

Resumo

O artigo propõe-se a pensar dois possíveis desvios estratégicos na atividade de experienciar, suturar e sobrejustapor sentidos no campo da teoria e da crítica da imagem. Primeiramente demarco de que modo emprego as palavras desvio, sutura e sobrejustaposição para depois propor o ‘desvio estratégico 1’ pautado pela experiência do Corpo sem Órgãos (CsO) pensada por Deleuze & Guatarri (1996), a continuação proponho o ‘desvio estratégico 2’ pautado por Canclini (2007) com suas inferências acerca do campo da antropologia na contemporaneidade, para finalmente pensar a atividade da crítica da imagem na atualidade.
Palavras-chave: Corpo sem órgãos (CsO), etnografia da imagem, teoria e crítica da imagem

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-05-02

Como Citar

POLETTI MOSSI, C.; OLIVEIRA DE OLIVEIRA, M. Experienciar, suturar e sobrejustapor sentidos na teoria e na crítica da imagem: dois possíveis desvios estratégicos - DOI 10.5216/vis.v9i1.18375. Visualidades, Goiânia, v. 9, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/vis.v9i1.18375. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18375. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos