O sujeito e a visualidade: parábolas do olhar contemporâneo - DOI 10.5216/vis.v8i2.18285

Autores

  • Marcelo Silvio Lopes
  • Regina Krauss

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v8i2.18285

Resumo

O presente artigo trata do percurso do olhar em seus diferentes tempos históricos, tomando como referencial a história das representações na arte. Para tanto, utiliza o conceito de subjetividade do observador na construção da visualidade apropriando-se das formulações de teóricos da imagem e da filosofia e discute de que modo esta construção cria um regime estético específico na contemporaneidade.

Palavras-chave: Estética, arte, regime de visualidade

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-27

Como Citar

LOPES, M. S.; KRAUSS, R. O sujeito e a visualidade: parábolas do olhar contemporâneo - DOI 10.5216/vis.v8i2.18285. Visualidades, Goiânia, v. 8, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v8i2.18285. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18285. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos