Visualidades amazônicas: o manejo de pesca da colônia Z-32 de Maraã (AM)

Autores

  • Rafael Castanheira

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v8i1.18243

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo analisar um conjunto de fotografias produzido por mim entre os anos 2006 e 2009 sobre o manejo de pesca realizado pela Colônia de Pescadores Z-32 de Maraã, no Amazonas, como parte de um trabalho de fotorreportagem. Discutindo a relação entre fotojornalismo, fotografia documental e antropologia visual, pretendo investigar o processo de produção deste ensaio visual que procurou (re) construir a história do manejo de pesca do pirarucu e do tambaqui, do ponto de vista social, econômico e ambiental, com foco nas relações sociais entre os pescadores e destes com o meio ambiente.
Palavras-chave: Antropologia visual, fotografia documental, manejo de pesca

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-24

Como Citar

CASTANHEIRA, R. Visualidades amazônicas: o manejo de pesca da colônia Z-32 de Maraã (AM). Visualidades, Goiânia, v. 8, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/vis.v8i1.18243. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18243. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Painéis