Desdobramentos da escultura goiana a partir das obras de Gustav Ritter

Autores

  • Gildo Pereira Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v8i1.18237

Resumo

A pesquisa tem como objetivo estudar a escultura goiana, a partir da análise das obras do escultor alemão Gustav Ritter (1904-1979), que se radicou em Goiânia em 1949. Ritter trouxe para a cidade uma visão moderna do objeto tridimensional dotado de formas abstratas. Tais características influenciaram os artistas goianos a partir da década de 1960. Nossa proposta é catalogar as obras de Gustav Ritter, estudar sua influência e participação na fundação da Escola de Belas Artes da Universidade Católica de Goiás em 1952, investigando ao mesmo tempo sua carreira de professor na cadeira de escultura do Instituto de Belas Artes da Universidade Federal de Goiás em 1957. Serão desenvolvidas pesquisas nos acervos particulares e públicos (museus e jornais) de Goiânia, além de entrevistas (ex-alunos, amigos e parentes), e pesquisa em publicações referentes à Ritter e à escultura abstrata.
Palavras-chave: Tridimensionalidade, escultura moderna goiana, arte abstrata.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-24

Como Citar

PEREIRA TEIXEIRA, G. Desdobramentos da escultura goiana a partir das obras de Gustav Ritter. Visualidades, Goiânia, v. 8, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/vis.v8i1.18237. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18237. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Painéis