A interface e o videogame: articulações semióticas - DOI 10.5216/vis.v8i1.18213

Autores

  • Cleomar Rocha UFG
  • Bruno Galiza

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v8i1.18213

Resumo

Este artigo busca historicizar a conformação do video-game como um meio a partir da análise de suas articulações sintáticas, semânticas e pragmáticas, principalmente no que concerne à interface que disponibiliza com o objetivo de integrar o jogador ao sistema computacional subjacente.

Palavras-chave: Interface, videogame, semiótica



Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-23

Como Citar

ROCHA, C.; GALIZA, B. A interface e o videogame: articulações semióticas - DOI 10.5216/vis.v8i1.18213. Visualidades, Goiânia, v. 8, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/vis.v8i1.18213. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18213. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

GT2 - Poéticas Visuais e processos de criação