Pinta tua aldeia e serás universal - resenha do documentário Tinta Fresca

Autores

  • Jordana Falcão UFG

Resumo

A tinta fresca marca quem por descuido ou curiosidade a toca. No documentário analisado vê-se que, seja em locais públicos ou espaços privados, muros e paredes quando pintados funcionam como qualquer outro suporte para a expressão.  Entrevistando artistas já reconhecidos pela mídia e pessoas que se sentem ou não como tal, o filme vai mostrando quais e como manifestações plásticas pintadas são vistas, além do que alicerça a construção desses olhares. 

Palavras-chave: Tinta Fresca, arte pública, arte popular

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-23

Como Citar

FALCÃO, J. Pinta tua aldeia e serás universal - resenha do documentário Tinta Fresca. Visualidades, Goiânia, v. 7, n. 2, 2012. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18204. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Resenhas