Representações de Moda na Bahia - reflexão sobre as práticas de vestuário feminino das mulheres baianas de elite no final século XIX, a partir do estudo investigativo das coleções do Museu Henriqueta Catharino em Salvador-Ba - DOI 10.5216/vis.v7i2.18197

Autores

  • Ana Cristiane da Silva
  • Márcia Maria Barreiros Leite

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v7i2.18197

Resumo

O presente texto aborda os contextos socioculturais e as reminiscências das mulheres de elite baiana, a partir das coleções de vestuário disponíveis no Museu Henriqueta Catharino em Salvador-BA, no final do século XIX.  Através da contribuição dos estudos do historiador Roger Chartier, buscamos condições propícias para reflexão do vestuário como forma de representação sociocultural que está presente em todos os aspectos da experiência humana em toda sociedade. Tornando possível apontar que em muitas ocasiões as representações dos vestígios da moda feminina na Bahia do século XIX, foram reproduzidas e conservadas conforme as estruturas dominantes, mas, por outro lado, mesmo referindo-se às “mulheres de elites”, tais práticas vestimentares, foram reveladoras de expressões de individualidade, redefinições, evidenciando-as, de modo a constituírem “sujeitos” produtores de suas historicidades.

Palavras- chaves: Moda, História, século XIX

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-23

Como Citar

DA SILVA, A. C.; BARREIROS LEITE, M. M. Representações de Moda na Bahia - reflexão sobre as práticas de vestuário feminino das mulheres baianas de elite no final século XIX, a partir do estudo investigativo das coleções do Museu Henriqueta Catharino em Salvador-Ba - DOI 10.5216/vis.v7i2.18197. Visualidades, Goiânia, v. 7, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v7i2.18197. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18197. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos