Estéticas nômades: outras histórias, outras estéticas, outros...ou o funk carioca: produção estética, epistemológica e acontecimento - DOI 10.5216/vis.v6i1eI2.18085

Autores

  • Aldo Victorio Filho

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v6i1ei2.18085

Resumo

Este trabalho, um dos resultados da pesquisa ainda em processo e voltada para a produção estética juvenil, propõe uma linha de fuga para além do panorama da arte instituída e outorgada. Pretende, via a investigação conceitual e empírica, percorrer os fluxos obra/cotidianidade, espaço/trânsito e artista/sujeito-comum, para problematizar sua(s) territorializações em face dos transbordamentos e reverberações estéticas que os praticantes dos cotidianos além muros da cidadela da arte produzem. Referimo-nos às produções desautorizadas, impuras e hibridizadas que, despretensiosas com rela- ção a qualquer outorga ou legitimação da arte ou da ciência oficiais, atravessam céleres as telas da cidade: mídias e conversas, indústria cultural e museus, centralidades e periferizações sociais, escolas e rua, etc. Das bordas às sobras da cidade. Obras, espaços e artistas se confundem em estéticas vagabundas e ferozes que, a despeito das teorizações circulantes na cidadela metafórica, constituem um notável trânsito estético, oportunamente exemplificado pelas produções das culturas da juventude periferizada, como é, especialmente, a produção do funk.

Palavras-chave: Estética, arte, juventudes

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-18

Como Citar

FILHO, A. V. Estéticas nômades: outras histórias, outras estéticas, outros...ou o funk carioca: produção estética, epistemológica e acontecimento - DOI 10.5216/vis.v6i1eI2.18085. Visualidades, Goiânia, v. 6, n. 1 e 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v6i1ei2.18085. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18085. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

GT3 - Culturas da imagem e processos de mediação