Considerações sobre o público e o acesso às artes visuais no Brasil - DOI 10.5216/vis.v6i1eI2.18073

Autores

  • Juliana de Souza Silva UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v6i1ei2.18073

Resumo

O artigo abordará alguns aspectos da visibilidade da arte no Brasil ao longo de um período que vai desde a colônia até a década de 1930. Pretende-se observar a influência das condições históricas do acesso à arte sobre a configuração do público brasileiro no período delimitado. Entende-se por acesso uma operação física e intelectual de contato com a produção artística, em que a visibilidade de obras de arte tem um papel tão relevante quanto o conhecimento dos códigos visuais na formação do espectador. Comentaremos a relação do público com os espaços de visibilidade da arte colonial, os desafios representados por novos códigos visuais introduzidos pelos artistas da Missão Francesa, as exposições públicas e a formação do grande público, além das transformações do século XX para a recepção da arte.

Palavras-chave: Audiência, visibilidade, códigos visuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-18

Como Citar

DE SOUZA SILVA, J. Considerações sobre o público e o acesso às artes visuais no Brasil - DOI 10.5216/vis.v6i1eI2.18073. Visualidades, Goiânia, v. 6, n. 1 e 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v6i1ei2.18073. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18073. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

GT1 - Teoria, História e crítica da arte e imagem