Imagens de nós e dos outros nos filmes de ficção científica - DOI 10.5216/vis.v2i2.17910

Autores

  • Alice Fátima Martins UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v2i2.17910

Resumo

Uma população significativa de estrangeiros habita as narrativas cinematográficas desde os primeiros tempos. Sobretudo as científico-ficcionais, que têm reservado lugares privilegiados de representação do outro, ou dos outros, aos quais são atribuídas naturezas monstruosas. Nos embates contra esses inimigos, as comunidades auto-referidas como nós, representan- tes da humanidade, efetivamente restringem-se aos grupos sociais que detêm maior poder econômico, tecnológico e bélico. Nas narrativas analisadas neste artigo, a sociedade norte-americana aparece como representante da humanidade em sua totalidade, na luta contra a ameaça trazida pelos outros, que podem ser vizinhos, imigrantes, negros, quaisquer estrangeiros, oriundos de territórios desconhecidos, ou de seus próprios territórios. Todos esses, aliens, supostamente ameaçadores, contra os quais o ataque é a melhor estratégia de defesa.

Palavras-chave: cinema, ficção científica, aliens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Fátima Martins, UFG

FAV-UFG

Downloads

Publicado

2012-04-10

Como Citar

MARTINS, A. F. Imagens de nós e dos outros nos filmes de ficção científica - DOI 10.5216/vis.v2i2.17910. Visualidades, Goiânia, v. 2, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v2i2.17910. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/17910. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos