APLICABILIDADE DA METODOLOGIA MULTIATRIBUTO NA SELEÇÃO DE HEPARINAS EM HOSPITAL PÚBLICO

Autores

  • Mônica Franco Amaral Universida Federal de Goiás
  • Mércia Pandolfo Provin Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v7i4.8972

Palavras-chave:

Assistência Farmacêutica

Resumo

Introdução: um problema enfrentado em vários hospitais e serviços públicos de saúde é selecionar os medicamentos que farão parte do arsenal terapêutico dessas instituições. Assim, adequada e racional metodologia de seleção desses fármacos se faz necessária. A seleção de medicamentos realizada de forma sistemática minimiza a subjetividade e permite uma tomada de decisão de máxima eficiência, gerando uma redução do uso dos recursos, com uma farmacoterapia de maior qualidade com o menor custo. Objetivo: este trabalho teve como objetivo avaliar a aplicabilidade da Multiattribute Utility Theory (MAUT) como um método capaz de analisar sistemática e quantitativamente os fármacos permitindo avaliar diversos fatores distintos ao mesmo tempo e que pode ser útil na seleção de medicamentos em hospitais. Metodologia: as heparinas foram escolhidas para essa avaliação devido a diversidade de variáveis existentes sobre o uso de heparinas não fracionadas e heparinas de baixo peso molecular. Elas foram avaliadas, por meio de revisão bibliográfica, visando, a identificação de variáveis úteis que definam seu uso como agentes anticoagulantes e antitrombóticos. As variáveis foram mensuradas e analisadas utilizando o modelo de decisão multiatributo e desenvolvido em 10 fases. Os atributos selecionados foram: efetividade, custo, segurança, e experiência com o fármaco e comodidade de administração. Resultados: Utilizando a metodologia de multiatributo, constatou-se que o fármaco que obteve um maior valor total de utilidade foi a Heparina não fracionada. Esta continuou liderando a pontuação mesmo depois de realizada a análise de sensibilidade, onde obteve um valor de 76%. Conclusões: MAUT mostrou-se útil na seleção de agentes trombolíticos indicando ser um método bastante aplicável e reproduzível. Unitermos: Heparina não-fracionada. Heparina de Baixo Peso Molecular. Seleção de medicamentos. Multiatributo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Franco Amaral, Universida Federal de Goiás

Acadêmica do Curso de Farmácia

Mércia Pandolfo Provin, Universidade Federal de Goiás

Professora Assistente da Faculdade de Farmácia

Downloads

Publicado

2011-02-16

Como Citar

AMARAL, M. F.; PROVIN, M. P. APLICABILIDADE DA METODOLOGIA MULTIATRIBUTO NA SELEÇÃO DE HEPARINAS EM HOSPITAL PÚBLICO. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 7, n. 4, p. 13, 2011. DOI: 10.5216/ref.v7i4.8972. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/8972. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais