CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO PÓ DAS FOLHAS DE EUGENIA DYSENTERICA DC. (MYRTACEAE)

Autores

  • Renê Oliveira Couto
  • Artur Valgas Valgas
  • Maria Tereza Freitas Bara
  • José Realino Paula

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v6i3.7651

Palavras-chave:

controle de qualidade, compostos fenólicos, planta medicinal

Resumo

O objetivo desse trabalho foi a caracterização físico-química do pó das folhas de Eugenia dysenterica DC., espécie endêmica no Cerrado brasileiro cujas folhas e frutos são utilizados na medicina popular regional. A droga vegetal foi submetida a ensaios físicos (índice de intumescência, substâncias extraíveis por álcool e determinação de umidade) e químicos (prospecção fitoquímica, teor de cinzas totais, teor de cinzas insolúveis em ácido, teor de polifenóis totais, teor de taninos totais e teor de flavonóides totais). Foi observada quantidade apreciável de compostos fenólicos, flavonóides e taninos, além da presença de saponinas e terpenos, sugerindo um importante potencial fitoterapêutico a ser investigado. Como não foram encontrados na literatura especificações para todos os ensaios realizados, os dados obtidos nesse trabalho subsidiam estudos futuros e contribuem para a obtenção de informações relevantes acerca da padronização e controle de qualidade da matéria-prima dessa espécie, ressaltando sua importância e a necessidade da conservação do Bioma Cerrado. 10.5216/ref.v6i3.7651

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-10-06

Como Citar

COUTO, R. O.; VALGAS, A. V.; BARA, M. T. F.; PAULA, J. R. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO PÓ DAS FOLHAS DE EUGENIA DYSENTERICA DC. (MYRTACEAE). Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 6, n. 3, 2009. DOI: 10.5216/ref.v6i3.7651. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/7651. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais