Efeitos da administração aguda de etanol sobre a aprendizagem no reconhecimento de objetos em camundongos nadadores

Autores

  • José Geraldo Pereira da Cruz
  • Débora Delwing Dal Magro
  • Júlia Niehues da Cruz
  • Roberto Roecker

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v6i2.6560

Palavras-chave:

álcool, aprendizagem, exercício, memória

Resumo

Este estudo examina a capacidade do exercício físico em reduzir as graves alterações comportamentais induzidas pelo álcool. Associações entre reconhecimento de objetos e o teste do campo aberto foram estudadas. Camundongos nadadores e sedentários controles receberam diferentes doses de etanol (0; 0,6; 0,8; 1,0 e 1,2 g/kg). Os testes foram realizados 2 ou 24 horas após o treinamento. Durante a sessão teste de 5 minutos, os animais foram expostos a dois objetos: o objeto familiar utilizado no treinamento e um novo objeto. Análises comportamentais durante os testes, mostraram que os controles sedentários durante o ensaio de 2 horas e, os camundongos nadadores durante o teste de 2 e 24 horas, injetados com salina antes do treinamento, permaneciam mais tempo explorando o novo que o objeto familiar durante os testes. Em contraste, camundongos injetados com etanol apresentavam o mesmo tempo de exploração do objeto familiar e do novo (F4,196 = 8.802; p<0,001; razão de discriminação). O etanol durante o ensaio de 2 horas aumentou significativamente o tempo de motilidade (F4,196 = 10.567; p<0,001) e diminuiu o tempo total de imobilidade (F4,196 = 17.55; p<0,001) no campo aberto, sugerindo um efeito ansiolítico. O treinamento de natação aumentou significativamente a exploração durante os testes de 2 e 24 horas após o tratamento (F4,196 = 4.721; p<0,001). Estes resultados sugerem que o exercício de natação modifica memória e aprendizagem, mas é incapaz de bloquear os efeitos tóxicos do etanol. Além disso, o exercício de natação aumenta a exploração em camundongos, independente do tratamento agudo com etanol. 10.5216/ref.v6i2.6560

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-30

Como Citar

DA CRUZ, J. G. P.; DAL MAGRO, D. D.; DA CRUZ, J. N.; ROECKER, R. Efeitos da administração aguda de etanol sobre a aprendizagem no reconhecimento de objetos em camundongos nadadores. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 6, n. 2, 2009. DOI: 10.5216/ref.v6i2.6560. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/6560. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais