EFEITOS COMPORTAMENTAIS INDUZIDOS PELA ADMINISTRAÇÃO DE 6-ISO-ESPECTALINA EM CAMUNDONGOS

Autores

  • Denne Costa e Silva
  • Fábio Oliveira Silva
  • Maria Silva
  • Rivelilson Mendes Freitas

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v6i1.5862

Palavras-chave:

Planta medicinal, Teste do campo aberto, Teste do nado forçado, Comportamento, Camundongos.

Resumo

O presente estudo visa investigar os efeitos comportamentais do alcalóide piperidínico, 6-iso-espectalina (SPEC), isolado das folhas de Senna spectabilis (Schrad) var. excelsa em camundongos. Os efeitos de SPEC foram demonstrados utilizando os testes de campo aberto e nado forçado em camundongos. No teste de campo aberto, após a administração de SPEC nas doses (1,5 e 3,0 mg/kg, i.p.) houve um aumento significativo na atividade locomotora e no número de rearing e grooming (p<0,05). Nenhuma destas alterações observadas no teste do campo aberto foi revertida pelo pré-tratamento com flumazenil (2,5mg/kg, i.p.). SPEC nas doses (1,5 e 3,0 mg/kg) foram testadas também no teste do nado forçado. SPEC nas duas doses produziu uma diminuição no tempo de imobilidade (p<0,05), de forma semelhante à imipramina (controle positivo). As ações de SPEC foram potencializadas quando administrado 15 minutos após a administração de imipramina (10mg/kg). No entanto, os efeitos antidepressivos de SPEC, não foram alterados pelo pré-tratamento com a paroxetina, um bloqueador seletivo da recaptação de serotonina. Além disso, os efeitos de SPEC no teste do nado forçado foram totalmente bloqueados pela reserpina que produz a depleção dos níveis das monoaminas. Em conclusão, os resultados do presente trabalho sugerem um possível efeito antidepressivo de SPEC através da modulação do sistema noradrenérgico. As ações farmacológicas de SPEC podem ser produzidas através das alterações no conteúdo de noradrenalina, uma vez que não foram observadas mudanças nos seus possíveis efeitos antidepressivos quando associado ao antagonista benzodiazepínico no teste do campo aberto. Baseado nisso, futuros estudos deverão ser realizados para esclarecer os mecanismos da ação de 6-iso-espectalina no comportamento de camundongos. 10.5216/ref.v6i1.5862

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-03-31

Como Citar

COSTA E SILVA, D.; SILVA, F. O.; SILVA, M.; FREITAS, R. M. EFEITOS COMPORTAMENTAIS INDUZIDOS PELA ADMINISTRAÇÃO DE 6-ISO-ESPECTALINA EM CAMUNDONGOS. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 6, n. 1, 2009. DOI: 10.5216/ref.v6i1.5862. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/5862. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais