CONTROLE DE QUALIDADE DO ÁCIDO TÂNICO DE ALGUMAS FARMÁCIAS DE MANIPULAÇÃO DE CAMPO GRANDE (MS), BRASIL

Autores

  • Luiz Fabrício Gardini Brandão
  • Carolina Marien Duarte Costa
  • Danielle Pérsio Lacerda
  • João Máximo Siqueira

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v5i3.5369

Palavras-chave:

ácido tânico, taninos, adstringente, qualidade

Resumo

Os taninos são substâncias fenólicas que apresentam diversas atividades farmacológicas. Dentre elas, destacam-se atividades antimutagênicas, anticarcinogênicas, antioxidante e bactericida. O ácido tânico, que pertence à classe dos galotaninos, é indicado para infecções causadas por herpes labial ou para uso ginecológico devido à sua ação adstringente. O propósito deste trabalho foi investigar a qualidade do ácido tânico vendido em farmácias de Campo Grande (MS). As quatro amostras analisadas por métodos qualitativos e físicoquímicos foram comparadas à luz do padrão Merck. Os testes resumiram-se em caracterizações organolépticas, reações de complexação, reações de precipitação e análise por cromatografia em camada delgada. Em todos os testes realizados observou-se que o padrão apresentou sempre resultados positivos quanto à sua qualidade enquanto que as amostras apresentaram resultados negativos. Foi possível concluir que todas as amostras analisadas não atingiram satisfatoriamente o padrão Merck de qualidade. 10.5216/ref.v5i3.5369

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-01-2009

Como Citar

Brandão, L. F. G., Costa, C. M. D., Lacerda, D. P., & Siqueira, J. M. (2009). CONTROLE DE QUALIDADE DO ÁCIDO TÂNICO DE ALGUMAS FARMÁCIAS DE MANIPULAÇÃO DE CAMPO GRANDE (MS), BRASIL. Revista Eletrônica De Farmácia, 5(3). https://doi.org/10.5216/ref.v5i3.5369

Edição

Seção

Artigos Originais