RINITE ALÉRGICA E/OU ASMA EM ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO REGULAR DA REDE PÚBLICA

Autores

  • Laíze Almeida Santos Departamento de Farmácia, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.
  • José Marcos de Jesus Santos Departamento de Enfermagem, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.
  • Flávia Márcia Oliveira Departamento de Educação em Saúde, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v14i4.46628

Palavras-chave:

Educação em saúde, Epidemiologia, Uso de medicamentos

Resumo

Rinite alérgica e asma são doenças inflamatórias crônicas que representam um grande impacto tanto na saúde individual quanto no nível econômico e social. O estudo teve como objetivo analisar a rinite alérgica e/asma em estudantes do ensino médio regular da rede pública em Simão Dias, Sergipe, Brasil. Trata-se de uma pesquisa transversal descritiva realizada em fevereiro e março de 2017. Selecionaram-se 46 estudantes para os quais foram aplicados um questionário referente às variáveis sociodemográficas, manifestações clínicas e impactos sobre o cotidiano; e um formulário sobre o uso de medicamentos. A rinite alérgica apresentou maior prevalência (61%; n=28) e identificou-se coexistência com asma em 11% (n=5). Grande parte foi classificada nas faixas de baixa frequência de sinais e sintomas (45,7%; n=21) e de baixo impacto sobre as atividades diárias (47,8%; n=22). O sexo feminino apresentou maior frequência sintomatológica (35,5%; n=11). Para rinite alérgica, a maioria das terapias medicamentosas encontrava-se adequada. Por outro lado, no caso da asma, uma proporção desconhecia ou não fazia o uso de medicamentos para manutenção, mesmo apresentando uma frequência importante de sinais e sintomas e crises. Destaca-se a importância da sensibilização dos adolescentes quanto ao autocuidado visando o controle das doenças e melhoria da adesão ao tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laíze Almeida Santos, Departamento de Farmácia, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.

Estudante. Graduação em farmácia.

José Marcos de Jesus Santos, Departamento de Enfermagem, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.

Estudante. Graduação em enfermagem.

Flávia Márcia Oliveira, Departamento de Educação em Saúde, Campus Professor Antônio Garcia Filho, Universidade Federal de Sergipe. Avenida Governador Marcelo Déda, Novo Horizonte, Lagarto, Sergipe, Brasil. 49400-000.

Doutorado em Ciências Biológicas. Docente do Departamento de Educação em Saúde.

Downloads

Publicado

08-03-2018

Como Citar

Santos, L. A., Santos, J. M. de J., & Oliveira, F. M. (2018). RINITE ALÉRGICA E/OU ASMA EM ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO REGULAR DA REDE PÚBLICA. Revista Eletrônica De Farmácia, 14(4). https://doi.org/10.5216/ref.v14i4.46628

Edição

Seção

Educação em Saúde