PERFIL DOS MEDICAMENTOS PSICOATIVOS DISPENSADOS NA FARMÁCIA BÁSICA MUNICIPAL DE JI-PARANÁ, RONDÔNIA

Autores

  • Priscilla Agostinho dos Santos Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA). Av. Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca, nº 762 · Caixa Postal 61 · CEP 76.907-438 · Ji-Paraná/RO
  • Tiago Barcelos Valiatti Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA)
  • Jeferson de Oliveira Salvi Centro Universitário Luterano de Ji-paraná (CEULJI/ULBRA). Av. Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca, nº 762 · Caixa Postal 61 · CEP 76.907-438 · Ji-Paraná/RO http://orcid.org/0000-0003-0954-412X

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v14i3.42711

Palavras-chave:

Psicofármacos, Farmacovigilância, Farmacoepidemiologia, uso racional de medicamentos.

Resumo

Psicofármacos modificam seletivamente o Sistema Nervoso Central promovendo alterações no comportamento e no humor. O presente estudo objetivou caracterizar o perfil dos principais psicoativos dispensados na farmácia básica de um município de Ji-Paraná, Rondônia. Realizou-se um estudo transversal por meio do levantamento de dados junto ao sistema Hórus, considerando a análise do período compreendido entre 2013 e 2015. O princípio ativo mais dispensado foi a carbamazepina, seguida pela amitriptilina, fluoxetina, clonazepam e biperideno. A fluoxetina obteve o maior aumento proporcional, seguida pelo clonazepam e pela amitriptilina, tais elevações foram significativas e estiveram associadas com o aumento do número de usuários (p<0,001). A análise comparativa das médias da totalidade dos psicofármacos disponíveis na farmácia básica, indicou que apenas entre os anos de 2014 e 2015 não houve um aumento significativo (p>0,05). Embora não haja confirmação do uso concomitante por algum dos usuários, todos os fármacos relacionados apresentam potencial para interações medicamentosas entre si, além de requererem cuidados especiais com outras substâncias. A importância do profissional farmacêutico está pautada na gestão dos cuidados durante a dispensação por meio da prestação de esclarecimentos técnicos para os usuários, da observação dos efeitos adversos e interações medicamentosas, contribuindo com uma farmacoterapia racional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscilla Agostinho dos Santos, Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA). Av. Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca, nº 762 · Caixa Postal 61 · CEP 76.907-438 · Ji-Paraná/RO

Farmacêutica graduada pelo centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA)

Tiago Barcelos Valiatti, Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA)

Acadêmico do curso de farmácia do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA). Av. Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca, nº 762 · Caixa Postal 61 · CEP 76.907-438 · Ji-Paraná/RO

Jeferson de Oliveira Salvi, Centro Universitário Luterano de Ji-paraná (CEULJI/ULBRA). Av. Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca, nº 762 · Caixa Postal 61 · CEP 76.907-438 · Ji-Paraná/RO

Farmacêutico generalista pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) e especialista em Acupuntura pela Universidade do Norte do Paraná (UENP). Atualmente é mestrando em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) e atua como docente assistente no Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná, ministrando as disciplinas de Farmacologia, Toxicologia e Química Farmacêutica.

Downloads

Publicado

2018-01-15

Como Citar

DOS SANTOS, P. A.; VALIATTI, T. B.; SALVI, J. de O. PERFIL DOS MEDICAMENTOS PSICOATIVOS DISPENSADOS NA FARMÁCIA BÁSICA MUNICIPAL DE JI-PARANÁ, RONDÔNIA. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 14, n. 3, 2018. DOI: 10.5216/ref.v14i3.42711. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/42711. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais