IMPORTÂNCIA DA SELEÇÃO DE PRIMERS PARA ESTUDO MOLECULAR DO POLIMORFISMO DO GENE GSTM1 EM PORTADORES DE PTERÍGIO

Autores

  • Romário de Sousa Mascarenhas FF/UFG
  • Katia Karina Verolli de Oliveira Moura

Resumo

O termo Pterígio é proveniente do grego “Pterygium” e significa asa pequena, popularmente conhecido como carne de olho. É um processo degenerativo da conjuntiva, manifesta-se através do aparecimento de uma membrana fibro-vascular, possui a forma de um triângulo, inicia seu desenvolvimento na conjuntiva direcionando- se à córnea, podendo causar cegueira. O estudo objetivou padronizar a sequência de bases desses oligonucleotídeos de modo a evitar à formação de dímeros de primers, ou seja, de complementaridade entre os oligonucleotídeos, pois isso reduz a capacidade de detecção da técnica de PCR e aumenta os riscos de resultados falsonegativos. Através deste estudo compreende-se que a padronização de primers é um processo crucial na Biologia Molecular, fundamental para o sucesso da técnica de PCR, que garante resultados mais fiéis e consistentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-04

Como Citar

MASCARENHAS, R. de S.; MOURA, K. K. V. de O. IMPORTÂNCIA DA SELEÇÃO DE PRIMERS PARA ESTUDO MOLECULAR DO POLIMORFISMO DO GENE GSTM1 EM PORTADORES DE PTERÍGIO. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 13, n. 1.1, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/40853. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Suplemento Especial - 10o Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro-Oeste (CRACO)