ANÁLISE DO POLIMORFISMO NA REGIÃO PROMOTORA DO TRANSPORTADOR DE SEROTONINA (5-HTT) EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA E CONTROLES SAUDÁVEIS

Autores

  • Thais Aparecida Gomes Almeida FF/UFG
  • Thaisa Rodrigues Tischer
  • Hellen da Silva Cintra de Paula
  • Vera Aparecida Saddi

Resumo

A Fibromialgia é uma disfunção neuroendócrina e reumática subsequente ou associada a dores difusas, insônia, fadiga e dores musculares generalizadas. Este estudo teve como objetivo avaliar a frequência alélica e genotípica de um polimorfismo na região promotora do gene que codifica o transportador de serotonina (5-HTT) em um grupo de 24 mulheres diagnosticadas com fibromialgia e 20 controles saudáveis. As frequências alélicas obtidas para as pacientes com fibromialgia e controles foram respectivamente: alelo longo (L) 40,0% e 29,1%; alelo curto (S) 60% e 70,8% (p=0,4105). As frequências genotípicas obtidas para as pacientes com fibromialgia e controles foram respectivamente: L/L 12,5% e 15,0%; L/S 45,8% e 20,0%; S/S 41,6% e 65,0% (p=0,1900).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-04

Como Citar

ALMEIDA, T. A. G.; TISCHER, T. R.; DE PAULA, H. da S. C.; SADDI, V. A. ANÁLISE DO POLIMORFISMO NA REGIÃO PROMOTORA DO TRANSPORTADOR DE SEROTONINA (5-HTT) EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA E CONTROLES SAUDÁVEIS. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 13, n. 1.1, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/40842. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Suplemento Especial - 10o Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro-Oeste (CRACO)