IMPORTÂNCIA DOS TESTES IMUNO-HEMATOLÓGICOS EM RECEPTORES DE SANGUE E A OCORRÊNCIA DAS REAÇÕES TRANSFUSIONAIS

Autores

  • Mara Régina Lucena Cabral Freire FF/UFG
  • Marcela Carmo Cunha
  • Simone Possas Andrade

Resumo

A transfusão sanguínea é um procedimento que visa à cura de pacientes necessitados, mas que pode estar associada a sérios riscos com potenciais complicações. Os testes pré transfusionais em receptores de sangue são de suma importância para a prevenção da ocorrência de erros durante as transfusões. O objetivo do presente trabalho foi realizar um estudo bibliográfico a respeito dos principais testes pré-transfusionais que devem ser realizados nos receptores de sangue e a ocorrência de reações transfusionais devido às falhas no procedimento, principalmente nos testes pré-transfusionais. A avaliação clínica e laboratorial do doador e do receptor na prática transfusional é imprescindível para garantir a segurança e a qualidade do processo transfusional. O controle de qualidade é outro fator crucial em todas as etapas de realização dos testes pré-transfusionais. A imuno-hematologia é o setor responsável para a realização de testes pré-transfusionais em receptores de sangue, e necessita de bastante atenção e capacitação dos profissionais responsáveis pela realização desses testes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-04

Como Citar

FREIRE, M. R. L. C.; CUNHA, M. C.; ANDRADE, S. P. IMPORTÂNCIA DOS TESTES IMUNO-HEMATOLÓGICOS EM RECEPTORES DE SANGUE E A OCORRÊNCIA DAS REAÇÕES TRANSFUSIONAIS. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 13, n. 1.1, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/40839. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Suplemento Especial - 10o Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro-Oeste (CRACO)