PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM PACIENTES ATENDIDOS POR UM HOSPITAL DA CIDADE DE GOIÂNIA - GOIÁS

Autores

  • Nubia; Marcos; Tatiane Siqueira; Antônio; Luiza Damaceno; Saraiva; da Costa FF/UFG

Resumo

As parasitoses intestinais constituem um grave problema de saúde pública e quase sempre são negligenciadas. Em algumas regiões do Brasil, como o Nordeste, as parasitoses intestinais ainda são responsáveis por altos índices de mortalidade devido a doenças diarréicas, principalmente em crianças menores de cinco anos. Neste estudo, analisou-se a prevalência de enteroparasitoses nos pacientes atendidos no Hospital das Clinicas no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2012. Observou-se uma diferença na distribuição dos enteroparsitos entre os três anos analisados. No ano de 2010 os parasitos mais encontrados foram: Blastocistis hominis (44%), Entamoeba coli (24%) e Giardia lamblia (20%). Em 2011 foi Entamoeba coli (29%), Endolimax nana (25%) e Giardia lamblia (22%). E em 2012 observou-se que Giardia lamblia (56,3%) foi o enteroparasito mais frequente, seguido por Entamoeba coli (36,6%) e Ascaris lumbricoides (15,4%).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-04

Como Citar

DAMACENO; SARAIVA; DA COSTA, N. M. T. S. A. L. PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM PACIENTES ATENDIDOS POR UM HOSPITAL DA CIDADE DE GOIÂNIA - GOIÁS. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 13, n. 1.1, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/40777. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Suplemento Especial - 10o Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro-Oeste (CRACO)