CONSIDERAÇÕES SOBRE A QUÍMICA BIOINORGÂNICA MEDICINAL

Autores

  • Anna M. C. Benite M. C. Benite

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v4i2.3027

Palavras-chave:

química medicinal, coordenação, metalo fármacos.

Resumo

Muitos processos vitais necessitam de íons metálicos, incluindo a respiração, fixação de nitrogênio, fotossíntese, transmissão nervosa, contração muscular, além de muitas reações metabólicas, desenvolvimento, crescimento, transdução de sinal e proteção frente a agentes mutagênicos. Desta forma, a Química Bioinorgânica Medicinal constitui a interface de muitas áreas das clássicas química inorgânica, biologia e medicina. Este trabalho apresenta uma breve discussão sobre o enorme desenvolvimento da Química Bioinorgânica Medicial através da caracterização de suas principais atividades e da importância terapêutica destas. São apresentados tópicos tais como íons metálicos nas patogenias, interações de metalo fármacos, metais presentes em fármacos quimioterápicos e radioisótopos em medicina. 10.5216/ref.v4i2.3027

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-20

Como Citar

BENITE, A. M. C. B. M. C. CONSIDERAÇÕES SOBRE A QUÍMICA BIOINORGÂNICA MEDICINAL. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 4, n. 2, 2007. DOI: 10.5216/ref.v4i2.3027. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/3027. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais