PATOLOGIAS INDUZIDAS POR DROGAS: AUTOIMUNIDADE, COMPROMETIMENTO PULMONAR E DO MOVIMENTO

Autores

  • Mauren Isfer Anghebem-Oliveira Pontifícia Universidade Católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v11i3.27788

Palavras-chave:

patologias induzidas por fármacos, autoimunidade induzida por drogas, comprometimento pulmonar induzido por drogas, doenças do movimento induzidas por drogas.

Resumo

Medicamentos são produtos especiais elaborados para prevenir, tratar e/ou curar doenças, sendo produzidos com rigoroso controle para atender às suas especificações. A despeito da sua eficácia terapêutica, não há como garantir a segurança absoluta no uso de medicamentos, os quais podem, eventualmente, causar eventos adversos inesperados e imprevisíveis. Fatores como idade, sexo, polifarmácia e susceptibilidade individual podem favorecer o desenvolvimento de doenças induzidas por fármacos. O diagnóstico destes quadros é difícil, impactando diretamente na saúde do paciente acometido e nos custos para o sistema de saúde. Praticamente todas as classes farmacêuticas já foram associadas à indução de patologias, e todos os órgãos e sistemas podem ser afetados. A divulgação de informações a respeito das doenças induzidas por drogas é relevante e se faz necessária, uma vez que novos fármacos são introduzidos no mercado constantemente, e podem apresentar eventos adversos importantes. Serão destacadas neste trabalho as doenças autoimunes induzidas por drogas, assim como as pulmonares e do movimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-09-30

Como Citar

ANGHEBEM-OLIVEIRA, M. I. PATOLOGIAS INDUZIDAS POR DROGAS: AUTOIMUNIDADE, COMPROMETIMENTO PULMONAR E DO MOVIMENTO. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 11, n. 3, p. 22, 2014. DOI: 10.5216/ref.v11i3.27788. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/27788. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais