ANÁLISE QUANTITATIVA DE RUTINA NO EXTRATO METANÓLICO DE R. graveolens L. (RUTACEAE) CULTIVADA EM ANÁPOLIS – GO

Autores

  • Graziele Rodrigues Castilho
  • Diogo de Amorim Barros
  • Gilberto Lúcio Benedito de Aquino
  • Josana Castro Peixoto
  • Giuliana Muniz Vila Verde

Resumo

As plantas medicinais, por muito tempo foram os recursos terapêuticos mais importantes de comunidades tradicionais. A arruda, conhecida na medicina popular por seu simbolismo religioso de retirar o “mau-olhado”, possui em sua composição a rutina, um flavonóide com finalidades terapêuticas antiinflamatórias, antioxidantes e antivaricoso. Avaliar do ponto de vista fitoquímico, a Ruta graveolens L.(Rutaceae) na perspectiva de contribuir para a determinação de parâmetros de análise para a droga vegetal e possível fitoterápico. O trabalho teve como objetivo quantificar rutina presente na fração metanólica do extrato das folhas e caule da arruda proveniente de cultivo domiciliar em Anápolis-GO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

07-04-2013

Como Citar

Castilho, G. R., Barros, D. de A., de Aquino, G. L. B., Peixoto, J. C., & Vila Verde, G. M. (2013). ANÁLISE QUANTITATIVA DE RUTINA NO EXTRATO METANÓLICO DE R. graveolens L. (RUTACEAE) CULTIVADA EM ANÁPOLIS – GO. Revista Eletrônica De Farmácia, 10(1), 1. Recuperado de https://revistas.ufg.br/REF/article/view/23556