ANÁLISE DA GLICEMIA EM JEJUM EM PACIENTES PROVENIENTES DO MUNICÍPIO DE TEREZÓPOLIS (GOIÁS-BRASIL) ASSOCIADA COM HIPERTENSÃO ARTERIAL, CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL E USO DE MEDICAMENTOS

Autores

  • Rafael L. Pena de Sousa

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v4i1.2123

Resumo

A hipertensão constitui uma das grandes complicações da síndrome do diabetes mellitus (DM) tipo 2, sendo as alterações microvasculares um dos resultados mais evidenciados devido ao alto nível glicêmico desses pacientes. O diabetes mellitus tipo 2 vem tomando proporções epidêmicas em razão do aumento da expectativa de vida associada a hábitos sedentários, sendo um dos fatores de risco, as complicações cardiovasculares que, através de estudos já realizados, tem demonstrado índices bastante elevados quando da coexistência de diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Sabe-se que a mortalidade dos pacientes diabéticos é maior do que a da população em geral e decorre especialmente das doenças cardiovasculares. Visando avaliar retrospectivamente as variações nos níveis de glicose sanguínea de pacientes que fazem uso de hipoglicemiantes e/ou hipotensores, 65 pessoas, no período compreendido entre dezembro de 2005 e abril de 2006, residentes no município de Terezópolis de Goiás, foram distribuídos em quatro grupos diferentes, sendo pacientes sadios, hipertensos, hiperglicêmicos e hiperglicêmicos e hipertensos, submetidos a uma série de exames clínicos, que incluem medidas de glicemia capilar de jejum, verificação de pressão arterial e coleta de dados antropométricos. A avaliação do presente estudo permitiu constatar que nos pacientes com DM II diagnosticada apresentaram níveis de glicemia muito alto mesmo com uso de medicamentos hipoglicemiantes e que os pacientes que apresentaram concomitante hipertensão apresentaram os maiores valores para os índices glicêmicos, e que as mulheres com hiperglicemia e DM II diagnosticada apresentaram maior IMC que os homens. Tais dados são indicadores da necessidade de acompanhamento de pacientes com as doenças derivadas da síndrome metabólica, adequação de medicamentos para o controle das doenças e aumento de cuidados com obesos e pessoas idosas, principalmente portadoras de hipertensão, além de maior atenção para com mulheres obesas com hiperglicemia. 10.5216/ref.v4i1.2123

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24-10-2007

Como Citar

Sousa, R. L. P. de. (2007). ANÁLISE DA GLICEMIA EM JEJUM EM PACIENTES PROVENIENTES DO MUNICÍPIO DE TEREZÓPOLIS (GOIÁS-BRASIL) ASSOCIADA COM HIPERTENSÃO ARTERIAL, CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL E USO DE MEDICAMENTOS. Revista Eletrônica De Farmácia, 4(1). https://doi.org/10.5216/ref.v4i1.2123

Edição

Seção

Artigos Originais