VALIDAÇÃO DE TÉCNICA ANALÍTICA EM CROMATOGRAFIA EM CAMADA DELGADA COMPARATIVA PARA IDENTIFICAÇÃO DE FÁRMACOS ANOREXÍGENOS SINTÉTICOS EM PRODUTOS FITOTERÁPICOS

Autores

  • Flaubertt S. de Azeredo Núcleo de Estudos e Pesquisas Tóxico-farmacológicas (NEPET-UFG).

DOI:

https://doi.org/10.5216/ref.v1i2.1751

Resumo

Há relatos de fármacos sintéticos psicoativos, que possuem restrições de venda e uso, não mencionados na composição de fitoterápicos emagrecedores comercializados livremente. Sendo necessário identificar tais adulterantes, padronizou-se técnica em cromatografia de camada delgada comparativa (CCDC) em placa de silica gel para anorexígenos e coadjuvantes do emagrecimento (femproporex, mazindol, anfepramona, fenfluramina, hidroclortiazida, furosemida, fluoxetina, benzocaína, diazepam, midazolan, flurazepam, bromazepam, nitrazepam, clordiazepóxido, cafeína, fenolftaleína) para testar interferência analítica com fitofármacos (carqueja, clorella, fucus, centella, jurubeba, maracujá, alcachofra, gingeng, guaraná, boldo, alcachofra, espinheira-santa, espirulina, citrin extract, aloína, cáscara sagrada, sene). Valores de Rf e cores desenvolvidas pelos fármacos e fitofármacos foram comparados, repetindo CCDC para mistura de possíveis interferentes. Concluiu-se que a técnica é seletiva, rápida, simples e de baixo custo, podendo ser desenvolvida em qualquer laboratório analítico para a identificação das substâncias químicas sintéticas em formulações de fitoterápicos. 10.5216/ref.v1i2.1751

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-10-19

Como Citar

AZEREDO, F. S. de. VALIDAÇÃO DE TÉCNICA ANALÍTICA EM CROMATOGRAFIA EM CAMADA DELGADA COMPARATIVA PARA IDENTIFICAÇÃO DE FÁRMACOS ANOREXÍGENOS SINTÉTICOS EM PRODUTOS FITOTERÁPICOS. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 1, n. 2, 2007. DOI: 10.5216/ref.v1i2.1751. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/1751. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos Originais