As assembléias indígenas - o advento do movimento indígena no Brasil. DOI10.5216/o.v10i1.9553

Autores

  • Poliene Soares dos Santos Bicalho Universidade Estadual de Goiás-UEG/Universidade de Brasilia-UnB

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v10i1.9553

Palavras-chave:

Movimento fundador, Assembléias Indígenas, Acontecimento Fundador

Resumo

RESUMO O estudo do Movimento Indígena no Brasil, tendo como hipótese principal a percepção das Assembléias Indígenas como acontecimento fundador do mesmo, é o objetivo principal deste artigo. O período histórico em pauta perpassa os anos de 1974 a 1980, momentos marcados pela ditadura militar no Brasil e a subseqüente abertura política. O objeto maior de análise são as falas dos chefes e líderes indígenas, suas ansiedades e reivindicações. Palavras-Chave: Movimento Indígena; Assembléias Indígenas; acontecimento fundador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Poliene Soares dos Santos Bicalho, Universidade Estadual de Goiás-UEG/Universidade de Brasilia-UnB

Graduação em História pela Universidade Federal de Goiás-UFG; Mestrado em História pela mesma instituição; Doutoranda em História Social pela Universidade de Brasília-UnB; Professora da Universidade Estadual de Goiás-UEG.

Downloads

Publicado

2010-09-19

Como Citar

BICALHO, P. S. dos S. As assembléias indígenas - o advento do movimento indígena no Brasil. DOI10.5216/o.v10i1.9553. OPSIS, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 91–114, 2010. DOI: 10.5216/o.v10i1.9553. Disponível em: https://revistas.ufg.br/Opsis/article/view/9553. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê A desconstrução do racismo na história do Brasil