Antropofagias periféricas: o movimento marginal, a crítica da tradição e contra-usos da literatura

THE MARGINAL MOVEMENT, THE CRITICISM OF TRADITION, AND THE COUNTER-USES OF LITERATURE

Resumo

O artigo contrapõe o Movimento da Literatura Marginal a algumas experiências culturais passadas, sobretudo ao modernismo paulista. De início, reconstroem-se algumas das demandas da vanguarda modernista apresentadas por ocasião da Semana de Arte Moderna de 1922. Em seguida, analisa-se como agentes marginais, com a preparação da Semana de Arte Moderna da Periferia e do Manifesto da Antropofagia Periférica, de 2007, elaboraram uma releitura da história cultural brasileira. Os manifestos lançados, as ressignificações simbólicas propostas e as reorientações estéticas subjacentes revelam contra-usos políticos importantes da ideia de vanguarda. Ao final, argumenta-se que a formatação do movimento das periferias dependeu de distanciamentos críticos praticados por seus/suas integrantes em relação a uma tradição que não os/as contemplou, distanciamentos esses que revelam uma potência antropofágica que se processa desde o local de enunciação, estendendo-se à forma literária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Amaral de Oliveira, Departamento de Sociologia da Universidade Federal da Bahia

Professor Adjunto do Departamento de Sociologia da Universidade Federal da Bahia. Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2018). Entre 2016 e 2017, atuou como investigador visitante no Department of Global Studies da Aarhus University, Dinamarca (BEPE-FAPESP). É Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina (2010) e Mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2013), com período de estágio de pesquisa na Università di Bologna, Itália (2012). É um dos líderes do Periféricas - Núcleo de Estudos em Teorias Sociais, Modernidades e Colonialidades, grupo vinculado à UFBA. Tem experiência nas áreas de Sociologia das Práticas Culturais, Sociologia Urbana e Teoria Social Contemporânea, atuando nos seguintes temas: cultura urbana, produção social do espaço, circulação transnacional de bens simbólicos, literatura e conhecimento sociológico e epistemologias periféricas.

Publicado
01-10-2020
Como Citar
Amaral de Oliveira, L. (2020). Antropofagias periféricas: o movimento marginal, a crítica da tradição e contra-usos da literatura: THE MARGINAL MOVEMENT, THE CRITICISM OF TRADITION, AND THE COUNTER-USES OF LITERATURE. OPSIS, 20(1), 1-15. https://doi.org/10.5216/o.v20i1.63748
Seção
Artigos