A Irmandade do Santíssimo Sacramento: funções e funcionamento (Ouro Preto, século XVIII). DOI 10.5216/o.v12i1.18335

Autores

  • Monalisa Pavonne Oliveira Doutoranda em História na Universidade Federal de Juiz de Fora. (bolsista CAPES - REUNI)

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v12i1.18335

Palavras-chave:

Irmandade, Santíssimo Sacramento, Minas Gerais, Vila Rica, Século XVIII.

Resumo

Neste trabalho pretendemos a partir da análise do Compromisso, conhecer o funcionamento da Irmandade do Santíssimo Sacramento do Ouro Preto, uma instituição religiosa de leigos, tão importante para o cenário vilarriquenho setecentista. A irmandade foi fundada em 1712, e seu Compromisso, que aqui analisaremos, é de 1738, pois não tivemos acesso ao documento redigido na ocasião da fundação da instituição. O Compromisso era uma espécie de regimento interno que organizava e regulamentava a vida confrarial regulamentando desde a administração dos sacramentos, até a ajuda mútua entre os confrades que se encontravam em situação de pobreza ou doença. Ademais, é possível conhecer um pouco do perfil dos membros da associação através dos requisitos exigidos aos candidatos ao ingresso na irmandade, como a exigência do pagamento de altas taxas e a comprovação do estatuto de pureza de sangue. Portanto, esta fonte é bastante elucidativa para a compreensão do ideário religioso, bem como para o conhecimento da sociedade setecentista. Este documento encontra-se disponível em microfilme no arquivo do Museu Casa dos Contos, em Ouro Preto/MG.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monalisa Pavonne Oliveira, Doutoranda em História na Universidade Federal de Juiz de Fora. (bolsista CAPES - REUNI)

Doutoranda em História na Universidade Federal de Juiz de Fora (bolsista CAPES-REUNI). Mestre em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010). Bacharel e licenciada em História pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2005).

Downloads

Publicado

2012-12-02

Como Citar

OLIVEIRA, M. P. A Irmandade do Santíssimo Sacramento: funções e funcionamento (Ouro Preto, século XVIII). DOI 10.5216/o.v12i1.18335. OPSIS, Goiânia, v. 12, n. 1, p. 382–403, 2012. DOI: 10.5216/o.v12i1.18335. Disponível em: https://revistas.ufg.br/Opsis/article/view/18335. Acesso em: 11 ago. 2022.