EFEITO DA INTENSIDADE DA EXPRESSÃO DO ESTRO NO DIÂMETRO FOLICULAR E NA FERTILIDADE DE VACAS NELORE SUBMETIDAS A UM PROGRAMA DE IATF

Priscila Assis Ferraz, Marcus Vinicius Galvão Loiola, Alexandra Soares Rodrigues, Marcos Chalhoub Coelho Lima, Thereza Cristina Borio dos Santos Calmon de Bittencourt, Antonio de Lisboa Ribeiro Filho

Resumo


Este trabalho foi conduzido com o objetivo de verificar a relação da intensidade da expressão do estro sobre o diâmetro do folículo ovulatório e seu impacto sobre a taxa de concepção em fêmeas zebuínas submetidas a um programa de IATF. Em um dia aleatório do ciclo estral denominado D0, 308 fêmeas da raça Nelore receberam um dispositivo intravaginal de progesterona e foram administrados 2,0 mg de benzoato de estradiol intramuscular (IM). No D8, retirou-se o dispositivo de progesterona e foram aplicados 300UI de Gonadotrofina coriônica equina, 150 µg de d-Cloprostenol e 1,0 mg de cipionato de estradiol IM. Neste momento, os animais foram pintados com bastão marcador entre a tuberosidade sacral e a inserção da cauda. No D10, os animais foram caracterizados em três grupos: Grupo sem expressão do estro (n=78), Grupo baixa intensidade da expressão do estro (n=66) e Grupo alta intensidade da expressão do estro (n=164). Em seguida, procedeu-se à mensuração do diâmetro do folículo ovulatório e foi realizada a inseminação artificial. Os resultados sugerem que a detecção da intensidade da expressão do estro constitui um bom parâmetro para auxiliar na identificação de fêmeas com maior diâmetro folicular e elevada fertilidade em vacas Nelore submetidas a um protocolo de IATF.
Palavras-chave: detecção do estro; inseminação artificial; Nelore.

Palavras-chave


Reprodução Animal

Texto completo:

PDF (English) HTML (English)




Logotipo do IBICT


Visitantes: contador de visitas