WETXU. DOI: 10.5216/racs.v1i1.43006

Uziel Lahiri Karajá

Resumo


Apresento meu estudo sobre wetxu. Para adquiri-lo, entrevistei várias
pessoas e cada uma falou do seu conhecimento. Antigamente, quando
os Karajá guerreavam com os Tapirapé, pegavam as crianças desses
e levavam para aldeia Karajá. Na aldeia as crianças eram adotadas
pelos parentes mais próximos dos que as roubaram. Segundo minha
pesquisa, wetxu seria os jyre (rapaizinho). Muita gente acha que essas
palavras são iguais, mas não são. Wetxu significa que é um mensageiro,
por exemplo, jyre é um mensageiro que faz tudo, quando está na casa
dos homens (ijoina), também sabe tudo que ocorre nessa casa, não
pode revelar o que acontece lá dentro, para que não aconteça o mal
na família, como, por exemplo, morte.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/racs.v1i1.43006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicado por: Núcleo Takinahakỹ de Fomação Superior Indígena – Universidade Federal de Goiás

Endereço: Núcleo Takinahakỹ de Formação Superior Indígena – Faculdade de Letras Universidade Federal de Goiás

Caixa Postal 131 – Campus II – 74001-970

Goiânia – GO (62) 3521-1866