DOCUMENTAÇÃO E ESTUDOS LEXICAIS SOBRE LÍNGUAS INDÍGENAS. DOI: 10.5216/racs.v1i1.42995

Mônica Veloso Borges

Resumo


Este texto apresenta alguns resultados do trabalho realizado no Curso
de Educação Intercultural de Formação Superior de Professores
Indígenas da Universidade Federal de Goiás, no estudo do Léxico, com
alunos dos povos Tapirapé, Guajajara, Xerente, Xakriabá, Xavante,
Gavião, Apinajé, Krahô, Krikati, Canela, Karajá, Karajá-Xambioá,
Javaé e Tapuia, da Matriz Específica “Ciências da Linguagem”, dos
anos de 2007 a 2013.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/racs.v1i1.42995

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicado por: Núcleo Takinahakỹ de Fomação Superior Indígena – Universidade Federal de Goiás

Endereço: Núcleo Takinahakỹ de Formação Superior Indígena – Faculdade de Letras Universidade Federal de Goiás

Caixa Postal 131 – Campus II – 74001-970

Goiânia – GO (62) 3521-1866