Prelúdios ou estudos: dualidade nos prelúdios para violino solo de Flausino Vale

Hermes Cuzzuol Alvarenga e Paulo Leniuson Ribeiro

Resumo


Este artigo busca qualificar o uso dos 26 Prelúdios Característicos e Concertantes para Violino Só, de Flausino
Vale, como estudo técnico violinístico. Esta análise foi baseada em metodologia fundamentada primariamente
na recorrência e na homogeneidade da apresentação dos fundamentos técnicos em cada prelúdio. Concluiu-se que
Vale não concebeu os prelúdios com objetivo didático que posteriormente e, em parte, foi ensejado pelo alcance público
desta obra durante sua vida. Concluiu-se ainda que os prelúdios selecionados são importantes como material
didático não só pelo que representam sob o ponto de vista violinístico, mas também por sua associação com a linguagem
musical brasileira.

Palavras-chave: Flausino Vale; Prelúdios para violino solo; Música brasileira para violino.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/mh.v16i2.45272

Logotipo do IBICT
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br
Visitantes: contador de visitas