ESTRATÉGIAS DE MARCAÇÃO DO GÉNERO POR APRENDENTES DO PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

Nelson Maurício ERNESTO, Margret CHIPARA, Diocleciano NHATUVE

Resumo


Este estudo estabelece padrões de ocorrência de desvios em relação ao Português Europeu sobre a marcação do Género, apoiando-se num corpus-amostragem de frases recolhidas em textos escritos produzidos por estudantes da Universidade do Zimbabué, em processo de aquisição do Português como uma Língua Estrangeira (PLE), o que constitui a sua interlíngua. A pesquisa procura também equipar o professor de com alguns subsídios para o tratamento destes “erros” na aula de PLE, em função de investigações científicas anteriormente realizadas, e com relativo sucesso, sobre a interlíngua não fossilizada de aprendentes de Português como Língua Não Materna.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/lep.v20i2.45828



 

ISSN versão online 2358-1042



Indexações e Bases Bibliográficas

              


   


            

 

   


Associada à ABEC

 

 

 

Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br