SAIR OU NÃO SAIR: A LINHA TÊNUE ENTRE FICAR NO ARMÁRIO E A LIBERDADE

Ionice Barbosa de CAMPOS, Carlos Augusto de MELO

Resumo


Este artigo objetiva trazer para discussão a representação do homossexual na literatura brasileira contemporânea. Para tanto, trata-se de um trabalho de cunho bibliográfico, que traz para uma breve análise o romance As Lesmas, de Heleno Godoy. Em termos teóricos, buscamos alguns conceitos terminológicos em Lomando e Wagner (2009), bem como as teorias que abordam questões de gênero, como é o caso da obra Sedgwick (2007) em “A epistemologia do armário” e Albuquerque Júnior (s/d). Discutiremos, em específico, o papel do homossexual na obra literária em questão, visando identificar quem é esse sujeito, de onde ele fala e qual lugar assume, tanto na obra quanto na sociedade, já que o homossexualismo, ainda que em pleno século XXI, não é bem aceito pela sociedade patriarcal e heteronormativa. Enfim, essa relação e seu valor estético serão aqui colocados para evidenciar a necessidade de trazer o assunto para discussão acadêmica.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/lep.v20i2.45825



 

ISSN versão online 2358-1042



Indexações e Bases Bibliográficas

              


   


            

 

   


Associada à ABEC

 

 

 

Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br