Chamada Dossiê vol. 22. n. 2 (mai./ago. 2017)

História, cultura e natureza 

Organizadores:

Sandro Dutra e Silva (UEG)

Adriana Vidotte (UFG)

Data-limite para submissão de artigos para o dossiê: até 30/04/2017

Resumo: A história ambiental é um campo historiográfico relativamente novo. Apesar do debate entre história e natureza não ser algo distante dos estudos históricos, a história ambiental procurou enfatizar e privilegiar as relações entre humanos e meio ambiente em diferentes temporalidades e espacialidades. Surgida nos Estados Unidos na segunda metade do século XX, procurou discutir sobre o papel da natureza no imaginário americano, sobretudo no que se refere a criação de uma cultura nacional fundada na relação com o meio natural. No Brasil, na América Latina e na Europa, um grupo significativo de pesquisadores tem se debruçado em estudos em história ambiental, com temáticas diversas como rios, montanhas, florestas, flora, fauna, cientistas-conservacionistas, dentre outros, e em diversas temporalidades.
Nesse sentido é que esse dossiê temático se apresenta como um campo privilegiado para a discussão da relação entre história, cultura e natureza. Nossa intenção é promover um espaço de debates sobre os vários ambientes e os diferentes fenômenos decorrentes dessa relação. Apesar de ser um campo historiográfico, esse espaço de debates se propõe interdisciplinar, envolvendo biólogos, geógrafos, antropólogos e os diferentes campos das engenharias que se dedicam ao estudo das questões ambientais. Para tanto, propomos discutir temas que envolvam a relação homem e natureza em diferentes cenários, biomas, domínios naturais e paisagens, bem como a utilização de diferentes fontes e métodos na compreensão desses fenômenos, tanto no Brasil como na América, na África e na Europa, em diferentes temporalidades – Antiguidade, Medievo, Modernidade e Contemporaneidade.

As normas para submissão se encontram em: Diretrizes para Autores