Estilos de liderança situacional adotados pelos enfermeiros na área hospitalar

Karen Cristina Kades Andrigue, Leticia de Lima Trindade, Simone Coelho Amestoy, Carmem Lúcia Colomé Beck

Resumo


Objetivou-se analisar estilos de Liderança Situacional adotados por enfermeiros hospitalares e a associação destes com seu perfil pessoal e profissional. Estudo quantitativo, descritivo, realizado com enfermeiros que atuam no contexto hospitalar e que utilizou o modelo de liderança de Hersey e Blanchard. Os dados foram coletados por meio de questionário sociodemográfico e pelo Leadership Effectiveness and Adaptability Description. O estilo de liderança mais diretivo, focado na capacidade de persuasão foi o mais presente. O setor de atuação apresentou relação significativa ao estilo de liderança (p= 00,1), demonstrando aproximação entre assistência e perfil de liderança. Embora a população integre um grupo jovem, com pouco tempo de atuação, o predomínio do estilo de liderança Persuadir pode limitar a criatividade e potencialidade dos integrantes da equipe pelo foco ser centrado na tarefa. Estratégias que permitam alcançar elevados níveis de maturidade, podem auxiliar enfermeiros na adoção de práticas de liderança mais flexíveis.

Palavras-chave


Pesquisa em Administração de Enfermagem; Liderança; Prática Profissional; Serviços de Saúde

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.40551

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Logotipo do Ibict