Música e glicose 25% em prematuros no pré-procedimento da punção arterial: ênfase na mímica facial

Maria Vera Lúcia Moreira Leitão Cardoso, Gleicia Martins de Melo

Resumo


Objetivou-se descrever e quantificar os movimentos de mímica facial de prematuros sob as intervenções música e glicose 25% no momento pré-procedimento da punção arterial. Ensaio clínico randomizado, envolvendo 48 filmagens de prematuros assistidos em uma unidade neonatal pública, em Fortaleza-Ceará. A coleta ocorreu por meio da análise das filmagens no momento pré-procedimento. Uma música de ninar foi ouvida durante 10 minutos no grupo experimental música; a glicose 25% foi administrada no grupo controle, ao final do oitavo minuto, equivalendo a um total de 10 minutos de observação. Avaliou-se a frequência das expressões faciais: choro, espirro, bocejo, franzir de testa, olhar focalizado, olhar vago, dormindo e movimento da cabeça. Variável estatisticamente significante no grupo controle: olhar vago (p=0,001) nos dois minutos finais de observação. Concluiu-se que não houve associação entre a maioria dos movimentos faciais e as intervenções estudadas, exceto para o olhar vago no grupo controle.

Palavras-chave


Recém-Nascido; Prematuro; Música; Glucose; Enfermagem Neonatal

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.32897

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Logotipo do Ibict